História

1975

A Fundação Torino é instituída, com o objetivo de garantir a continuidade dos estudos dos filhos dos funcionários italianos do Grupo Fiat, através de uma parceria com o governo italiano. Neste período, a Escola era constituída pela Scuola Elementare (1ª a 5ª série), Scuola Media (6ª a 8ª série) e Liceo (ensino médio), com currículo e calendário europeus e autorização do MEC.

1988

É criado o Centro de Língua e Cultura Italiana, para atender a uma demanda crescente da comunidade local pelo conhecimento da história, cultura e modo de vida do povo italiano.

1992

A Instituição passa a ser bicultural, com reconhecimento oficial da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais e do governo da Itália, momento em que começa a funcionar a Scuola Materna, para crianças de até cinco anos. No mesmo ano, é assinado um protocolo de colaboração técnico-científico da Universidade de Perugia para aplicação dos títulos de proficiência no idioma: Celi III e Celi V.

1995

A Fundação Torino abre Ensino Médio Técnico com o curso de formação gerencial em Administração, chamado ITC – Istituto Tecnico Commerciale.

1999

Em janeiro, iniciam-se as atividades em sua sede própria, no Bairro Belvedere. No mesmo ano, é criado o Istituto Tecnico Turistico (ITT), com o objetivo de promover a formação de profissionais para atuar na área e desenvolver projetos de aproveitamento do potencial turístico.

2009

A escola atinge a marca de 1000 alunos. O crescimento não significa deixar de lado o comprometimento com a educação nem o cuidado com os alunos, mas mostra o reconhecimento da Fundação como referência em escola internacional em Belo Horizonte.

2010

Início do Liceu Scienze Umane, com diplomação técnica em Administração.

2015

Locação do imóvel da antiga Casa Fiat de Cultura, com o objetivo de ampliar a oferta de atividades culturais.