Notícias

Matrículas Materna

É chegado o momento da inscrição dos novos alunos na Scuola Materna da Fundação Torino, para o início das aulas em agosto.

Agende uma visita para conhecer nosso espaço e nossa proposta pedagógica.

Vagas para alunos de 2 a 5 anos.

Informações: (31) 3289-4224

Comunicado: Funcionamento normal dia 04/06

Senhores pais,

Na próxima segunda-feira, dia 04/06, as atividades da Escola serão completamente retomadas, inclusive, com as atividades avaliativas adiadas em função da paralisação dos caminhoneiros.

Contamos com a presença de todos.

 

 

 

 

 

 

Arte, literatura, história, ciência e tecnologia são assuntos da Feira da Cultura do ano letivo 2017/2018

Cinema, teatro, clássicos da literatura universal, desafios lógico-matemáticos, exploração espacial, fake news, química dos cosméticos, idade média…. esses são alguns temas de destaque  da Feira da Cultura da Fundação Torino, que será realizada no sábado, dia 19 de maio, a partir das 13h. O evento reúne trabalhos desenvolvidos ao longo do ano por todos os alunos da escola, da Materna (educação infantil) a Scuola Superiore (Ensino Médio). Com música, teatro, jogos interativos, tecnologia e exposições, os estudantes abordarão assuntos que passam por diversas áreas do conhecimento. A ideia é propiciar uma efetiva formação cultural e humanística, ultrapassando os limites da sala de aula e envolvendo também a comunidade. A Feira acontece na própria escola, até às 17h e é aberta ao público.

As atividades desenvolvidas pelos crianças da Scuola Materna (Educação Infantil) têm a Europa como tema central. Já os alunos da Scuola Elementare (Ensino Fundamental I) apresentarão trabalhos desenvolvidos a partir do tema que foi eixo central do ano letivo: a literatura.
Os trabalhos da Scuola Media (Ensino Fundamental II) e Scuola Superiore abordarão temas diversos, tais como desafios lógico-matemáticos,  fake news,  o dinheiro e  a inflação no Brasil, a exploração espacial, mulheres da História,  mitologia nórdica, entre outros.

 

Confira a programação completa:

Atentado Poético chega à 15ª edição e dá início ao mais novo circuito literário de BH

A Fundação Torino Escola Internacional comemora os 15 anos do seu projeto artístico-cultural, Atentado Poético, transformando-o em um Circuito Literário. Tendo o livro como homenageado e tema central de todas as atividades, a instituição preparou uma programação variada que envolve desde oficinas, que abordam as etapas do processo de criação e produção de uma obra literária, até uma grande Feira de editoras com diversas atrações voltadas ao público infanto-juvenil. O I Circuito Literário Fundação Torino será realizado no dia 24 de março, a partir das 9h, na rua Jornalista Djalma Andrade, 1300, Belvedere, aberto ao público e com entrada gratuita.

A proposta do Circuito Literário é reunir os alunos e toda a comunidade em um evento que contará com sarau poético-musical, mostra de curtas, editoras convidadas, arte gráfica, exposições, contação de histórias, literatura digital e bate-papo com autores e autoras de literatura jovem.

“Em 2018, o Atentado Poético faz 15 anos, achamos que era o momento de ampliá-lo e transformá-lo em um Circuito Literário. Após uma fase de intensa experimentação de linguagens, o projeto reencontra suas origens na literatura. Ao longo de todos esses anos, já trabalhamos as artes plásticas, a música, a arte pública, a fotografia e até a cidade já foi tema do projeto. O diálogo com temas da contemporaneidade continuará a existir, mas sempre pelo viés literário,” explica a coordenadora do projeto, Daniela Guimarães Mendes.

Como parte das atividades comemorativas do Atentado Poético e da inauguração do seu I Circuito Literário, a Fundação Torino ofereceu aos alunos a oportunidade de conhecer e vivenciar algumas etapas do processo de criação e produção de um livro, por meio de oficinas ministradas por profissionais de grande reconhecimento em suas áreas de atuação: Nelson Cruz e Angelo Abu, respeitados ilustradores no mercado editorial brasileiro e internacional, estiveram à frente das oficinas de ilustração; as escritoras Flavia Peret e Mariana Zande, também professoras do Curso de Estratégias Narrativas, foram as responsáveis pelas oficinas de Escrita Criativa; Flavio Vignolli, conhecido produtor de artes gráficas em BH, proprietário da Tipografia do Zé, ministrou a oficina de tipografia e Alice Gontijo e Ana Paula Garcia, artistas gráficas e pesquisadoras das artes do livro, conduziram as oficinas de encadernação artística.

***

PROGRAMAÇÃO

FEIRA DE LITERATURA _ no salão eventos
9h às 10h45 – “No spoiler” – Feira de Literatura dos alunos do PIE, II e III Media
Entre clássicos e sucessos contemporâneos, os alunos prepararam 60 apresentações criativas e interativas sobre os livros escolhidos.

 

ROOFTOP CULTURAL _nas varandas do 3º andar

10h45 – “Clássicos para apressadinhos” – I Media (curtas apresentações sobre três clássicos da literatura: Aventuras de Tom Sawyer, Ilíada e Dom Quixote).
11h – 12h15 – Sarau poético-musical – apresentações dos alunos da Scuola Superiore.

9h às 12h – Piquenique literário

De olho no Atentado – mostra de monóculos com fotos de edições antigas.

 

 

“QUEM CONTA UM CONTO AUMENTA UM PONTO!” _no auditório
Contação de histórias para os alunos da Elementare e Materna
8h30 às 9h / 9h15 às 9h45 / 10h às 10h30 / 10h45 às 11h15

MOSTRA “CURTA OS CURTAS” _no auditório
12h15 – Apresentação de curtas-metragens produzidos pelos alunos da Fundação Torino e de vídeos de edições antigas do Atentado Poético).

EDIÇÃO ESPECIAL DO DIVINAS CONVERSAS – LITERATURA JOVEM_no auditório
13h15 – 15h15 – Participação dos escritores: Lavínia Rocha, Marcos Motta e Paula Pimenta
15h15 às 16h – Mesa de autógrafos com os escritores convidados

 

 

SALÃO DAS EDITORAS_ no foyer
Presença de várias editoras convidadas: Quartoamado, Lote 42, Coletivo Mofo, Funil, Banca Gonçalves, Tipografia do Zé, Um poema por dia, Aletria, Mazza Edições, Livraria SBS, Miguilim, Livraria da Rua, Autêntica, Magia dos Livros, Grupo Lê, Bamboleio, Entrecampo, Pen e Paper.


OUTRAS ATRAÇÕES

Exposição fotográfica Atentado Poético 15 X 22
Impressão de carimbos em 3D
Coletivo Ha Ha Ha
Carteiros poetas


PARA MATAR A FOME

O Compoteiro
Morada Mexicana
Meu Brigadeiro
Tiki Bike

***

Sarau Especial: Grupo Galpão apresenta “Os Gigantes da Montanha” na Casa Fiat de Cultura.

Grupo Galpão apresenta sarau especial de Os Gigantes da Montanha na Casa Fiat de Cultura,em comemoração aos 120 anos de Belo Horizonte

​​Apresentação gratuita traz recorte com as canções italianas do repertório do espetáculo, dirigido por Gabriel Villela

Em comemoração aos 120 anos de Belo Horizonte, no dia 12 de dezembro, o Grupo Galpão apresenta um sarau especial do espetáculo Os Gigantes da Montanha, clássico de Luigi Pirandello, na Casa Fiat de Cultura. O grande sucesso de público e crítica no repertório de 35 anos do grupo teatral, que estreou em 2013 com direção de Gabriel Villela, será apresentado em formato de sarau, com início às 19h e uma seleção musical de aproximadamente 30 minutos. O público conhecerá tradicionais canções italianas presentes no repertório da peça. A entrada é gratuita e a classificação é livre. Não haverá distribuição de ingresso ou senha, com espaço sujeito à lotação, por isso, é importante chegar cedo.

O evento também marca a parceria entre Grupo Galpão, Casa Fiat de Cultura, Fundação Torino e Consulado da Itália, que celebra três grandes momentos: 120 anos de Belo Horizonte, 35 anos do Grupo Galpão e 150 anos de nascimento do consagrado poeta e dramaturgo Pirandello. “Ser um portal de acesso à cultura italiana é uma das principais vocações desta Casa, desde sua inauguração. Nesta ocasião tão importante, em que comemoramos os 120 anos de BH, temos o prazer de trazer a nosso público a italianidade de Luigi Pirandello, junto à mineiridade do Grupo Galpão”, afirma o presidente da Casa Fiat de Cultura, José Eduardo de Lima Pereira.

A iniciativa resultará na publicação de uma HQ do espetáculo, a ser lançada em 2018. “Depois de uma apresentação de “Os Gigantes da Montanha” na Praça Roosevelt, em São Paulo, fomos surpreendidos com os belos desenhos do ilustrador Carlos Avelino. A força teatral do seu traço levou Inês Peixoto a idealizar e propor a criação de uma HQ da nossa adaptação da peça para o teatro de rua”, afirma o ator e diretor artístico do Galpão, Eduardo Moreira que conta ainda o objetivo principal do projeto, levar a força e a beleza da obra de Pirandello para um público novo e jovem.

O Grupo Galpão tem o patrocínio da Petrobras, e a iniciativa é uma realização da Casa Fiat de Cultura, com patrocínio de Fiat Chrysler Automóveis (FCA), CNH Industrial Capital, Banco Fidis, Fiat Chrysler Finanças, New Holland Construction, Banco Safra e Verde Urbanismo, e apoio d​o Consulado da Itália em Belo Horizonte, Fundação Torino Escola Internacional,​ Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

Sarau Os Gigantes da Montanha

A fábula Os Gigantes da Montanha narra a chegada de uma companhia teatral decadente a uma vila mágica, povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone. Gabriel Villela e o Galpão experimentam a música, ao vivo, tocada e cantada pelos atores, como um elemento fundamental na tradução do universo da fábula para o teatro popular de rua. Atemporal, o espetáculo convida o público a um mergulho teatral e musical, que funde e sintetiza o brasileiro com o universal, o erudito com o popular, a tradição com a vanguarda. Na versão sarau, trechos do texto do autor, o dramaturgo italiano Pirandello, misturam-se ao repertório musical que reúne árias e canções italianas, misturando o popular e o moderno. “Ciao Amore”, “Bella Ciao” e outras músicas ganham novos arranjos e coloridos para ambientar a atmosfera onírica de Os Gigantes da Montanha.

Galpão e Petrobras

Há 15 anos, o Grupo Galpão conta com o patrocínio da Petrobras. Foram muitos espetáculos montados, temporadas nacionais, turnês por todas as regiões do Brasil e presença em festivais proporcionados por essa parceria. Em 2017, a Petrobras continua apostando no compromisso do Galpão: reinventar a vida através da arte, possibilitando ao maior número de pessoas a vivência do teatro como alegria e transformação.

Casa Fiat de Cultura

Há 11 anos, a Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro ao apresentar uma programação diversificada, que oferece ao público um novo olhar sobre a arte e a oportunidade de aprender o fazer artístico.  Além de exposições, que apresentam acervos de grandes coleções do Brasil e do mundo, a instituição também realiza ateliês, concertos de música, cursos e palestras. Mais de 2 milhões de pessoas já visitaram a Casa Fiat de Cultura e mais de 300 mil pessoas participaram de suas atividades educativas. Para cada público, uma abordagem especial é adotada, com o intuito de encantar e transformar, de maneira positiva, a experiência de cada visitante.